« Anterior | Voltar | Próximo »

A inovação muitas vezes está embaixo do seu nariz

Postado por Fabiano Coura em 03/02/09 as 17h34

Inovação. Em tempos de crise essa é uma das palavras que mais se ouve por aí [e também é uma das palavras mais mal usadas de todos os tempos]. Todos estão atrás do que não foi feito, do que é único, do que vai chamar a atenção das pessoas de uma forma incrível... blábláblá. Nessa correria, qualquer coisa virou inovação. Buzzword que pra muita gente já nem carrega o significado que merece. Aliás, fica até parecendo que inovação é a solução perfeita para tudo, para quem tem um produto ruim, para quem desperdiça dinheiro com processos mal pensados ou desrespeita seus clientes em um call Center. Bobagem. As empresas precisam de muito pouco para inovar. Às vezes só precisam ver se não tem nada embaixo do seu próprio nariz. O exemplo que me tocou essa semana está no recém lançado e-commerce da Casas Bahia. Os caras contrataram um ator que de forma bem humilde e didática apresenta o site, dicas e demos de produtos (acabei de ver que são mais de 126 vídeos até o momento, postados inclusive em um canal próprio no YouTube). É a mais sincera adaptação da experiência da loja para a Internet. Você tem o produto lá com todos os detalhes, compara, vê fotos e tudo mais – exatamente como nos demais sites de venda pela web – mas pode receber o usual malho de vendas que recebe na sua visita a loja física, também na loja virtual. Gênio. E você não sabe da maior: funciona até de madrugada (veja aqui). Pescou?

Veja o vídeo

Comentários

Esse post não aceita comentários.

© 2010 Fabiano Coura | Todos os direitos reservados | No ar desde outubro de 2006